Publicidade

Criação de codornas realmente dá dinheiro ? 8 Dicas para criar e ter lucro.

Para iniciar a criação de codornas é necessário construir um galpão onde as codornas serão mantidas em gaiolas. Também é necessário ter ração para postura, boa iluminação, água e ventilação.

LEIA TAMBÉM:

Publicidade

O investimento inicial varia, mas com R$ 20 mil é possível iniciar uma boa criação.

Publicidade

Os ovos de codorna são muito procurados no mercado, por isso investir na criação dessas aves acaba sendo um bom negócio. Afinal, é possível vender para supermercados, fábricas de conservas, distribuidoras de ovos e muito mais.

Porém, muitas pessoas duvidam do processo de criação, não sabem como começar ou do que precisam. Por isso resolvi compartilhar essa informação aqui.

Publicidade

Confira 8 dicas para começar na criação de codornas e lucrar:

1. Escolha a raça para começar a criação de codornas

A codorna predominante em criações aqui no Brasil (e em muitos outros lugares do mundo) é a japonesa, ou Coturnis japonica. Isso porque ela tem uma adaptação muito mais fácil ao nosso clima e tem uma produção maior de ovos por dia.

Publicidade

Lembrando que essa raça também é uma boa opção para quem quer trabalhar com criação de codornas para corte.

Elas já estão prontas para o abate em cinco ou seis semanas de vida e o tempo para a codorna começar a botar ovo fica entre 35 a 45 dias. Costumam ter de 155 a 180 gramas e são de cor castanha no peito com pintas pretas.

2. Local para a criação de codornas poedeiras

local ideal para criar suas codornas é no campo, seja em um sítio, fazenda ou uma casa grande na área rural.

Para 2.000 aves, você precisa de um espaço de cerca de 16 m², com estrutura de madeira, coberto (telha, telha de amianto, de metal ou madeira mesmo) para proteger de sol e chuva.

Outra coisa importante é que o espaço tenha ventilação sem correntes de ar, iluminação indireta de 14 a 16 horas e temperatura controlada entre 24°C e 27°C. A umidade precisa estar entre 60% para as aves que estão em reprodução.

3. Monte a estrutura correta

Dentro desse galpão que você vai construir será necessário instalar gaiolas de arame galvanizado. São nelas que as codornas viverão e colocarão seus ovos.

A ideia é que fique uma em cima da outra e tenham 30 x 30 x 30 cm, com altura de 12 a 15 cm, de acordo com o Globo Rural. Em uma gaiola dessa pode ficar até cinco aves. É preciso ter responsabilidade em relação a saúde dos animais, uma gaiola muito populosa vai gerar estresse e briga.

É importante também que você também compre os comedouros e bebedouros do tipo nipple e que as gaiolas sejam instaladas a alguns centímetros (entre 10 a 30) acima do chão.

Outro ponto fundamental: Elas precisam ter um certo declive com serragem embaixo para que os ovos deslizem para o fundo da bandeja em segurança. Esse declive também vai funcionar bem para depósito das fezes sem que as aves precisam ter qualquer contato.

4. Alimentação e água

Além de água sempre limpa, as aves precisam de alimentação adequada de acordo com o objetivo da criação.

No geral são animais que se alimentam de forma vegetariana, mas o ideal é que você trabalhe com ração. Assim elas ficam nutridas corretamente e conseguem se reproduzir com facilidade.

A recomendação, ainda segundo o Globo Rural, é utilizar alimento com 25% de proteína bruta, 3.000 quilocalorias por quilo de alimento, 3,5% de cálcio 3 1,1% de fósforo.

É justamente com esse ponto que você vai gastar mais dinheiro na sua criação, mas também é o que influencia diretamente o seu resultado. Então capriche na qualidade!

5. Higiene e saúde dos animais

Além de manter a água sempre limpa e retirar as fezes com frequência para manter as gaiolas limpas, é importante que se tenha cuidado com o acesso de predadores ao galpão. Por isso mantenha o local fechado, sem possibilidade de invasões.

Além disso, crie medidas protetivas contra ratos, moscas e outras pragas e tenha muito cuidado com o acesso de pessoas ao local porque não existe um protocolo específico para vacinação dessas aves.

Muita gente resolve investir em criar codornas como um negócio porque são animais fáceis de cuidar e resistentes.

6. No caso de produção para corte

Se o seu objetivo é criar codorna para corte, além dessa estrutura e esses cuidados que mencionei, será preciso investir em chocadeira. As aves não são boas em chocar e você vai precisar de uma ajudinha com isso.

O custo com esse equipamento pode ser alto, mas é um investimento a longo prazo, visto que as codornas crescem e chegam ao período de corte muito rápido.

Os ovos gerados por aves de 45 dias que tenham mais de 11 gramas devem ser levados para incubação e em 17 dias já nascem filhotes com cerca de 6 gramas.

7. Investimento para começar a criar codornas

custo por ave pode variar de R$ 7 a R$ 18 Reais de acordo com a forma de criação. Se colocarmos uma média de R$ 10 Reais e pensarmos em uma criação com 2.000 unidades, o investimento será de aproximadamente R$ 20 mil Reais.

Lembrando que em cerca de 45 dias você já terá ovos para vender, o que significa que o retorno do investimento é rápido se houver organização e uma boa estratégia de venda.

Mais do que ter o dinheiro para começar o negócio, é importante ter dedicação e cuidado com o manejo dos animais.

8. Criar codornas poedeiras é lucrativo?

A margem de lucro no negócio de codornas pode chegar a 30%. Uma criação com comercialização de 10 mil codornas por mês, por exemplo, consegue faturar cerca de R$ 30 mil Reais.

Os valores vão variar de acordo com o projeto de cada um, se é só focado em ovos, no abate ou na comercialização de recém-nascidos, mas o que se percebe é que esse é um mercado lucrativo e com retorno rápido de investimento.

É claro que para ter êxito você precisa de um bom período de análise do mercado da sua região e de planejamento e pesquisa!

Fonte: montarumnegocio

DEIXE SUA AVALIÇÃO post
Publicidade

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo